Seguidores

terça-feira, 27 de junho de 2017

Amor Antigo ( ABC Poético)




Amor antigo, espera no portão, coração  descompassado.
Beijar, nem pensar, só as escondidas, e nada demorado,
Conversava-se na sala sob vigília, o pai,  ali sentado.

Durante décadas,  o rigor familiar foi 
imperioso.
Era escolhido pela família da moça, o futuro  esposo.
Falar sobre sexo, era proibido, tido como vergonhoso.

Gradativamente  os hábitos  foram 
mudando,
Hoje, o romantismo está literalmente enterrado,
Inflamaram  o amor, sensatez é coisa do passado.

Justo por que  a educação  doméstica virou 
liberalidade.
Lá pelos anos idos, as moças eram recatadas de verdade.
Meninas e meninos  não conheciam a atual  maldade.

Nem  as vestes despertavam  atenção, o homem era 
prudente.
O namoro era romântico,  geralmente, sem agravante.
Pensar sair sozinha, jamais, mesmo adulta, filha era obediente.

Quando ousava  fugir o domínio dos 
pais 
Ranzinzas, o castigo era severo e sem ais!
Santas não eram, mas eram moças especiais.

Tagarelas, sim! Mas, com um linguajar 
adequado.
Uma jovem não se insinuava para solteiro ou casado,
Vida recatada e  namoro sério era o preconizado.

Xeretar pela rua, era coisa de mulher 
perdida.
Zuar com seus mestres, ah! Teria que ser punida!


assinatura_2%2B%25281%2529.gif


6 comentários:

  1. Pois é. Estes amores antigos.
    Importante hoje é preservar o verdadeiro amor.
    Se este fica, tudo fica.

    abraço
    Lola

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Lola, o amor anda mesmo no ostracismo.
      Abraço!

      Excluir
  2. bem rimado...

    o antes e o depois, que você soube muito bem escrever.

    obrigada pela sua visita.

    beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata pela visita e leitura, Piedade.

      bom final semana.
      Bjs!

      Excluir
  3. Boa noite Diná,
    Quantas mudanças ocorreram,
    quanta diferença com os dias atuais...
    Hoje tudo está do avesso.
    Ótima semana \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Clau, eu costumo falar que o amor está fora de moda, ficar é o carro chefe da juventude, está tudo bagunçado.
      Grata pela visita.
      Bjs!

      Excluir